sexta-feira, 15 de maio de 2009

De volta...

...algumas imagens mais do Dondo, e em especial deste fenómeno que são estas tempestades quase instantâneas...Reparem como estava o céu ao chegarmos...




...Aqui no local do almoço, debaixo da grande árvore, onde se come o belo cacusso, a deliciosa choupa e o maravilhoso mossoulo...tudo peixes de rio...a acompanhar o feijão com óleo de palma com farinha torrada, o funge, a banana e a mandioca cozida...para entrada, o menhadungo...ainda tudo calmo...



..em questão de segundos...vejam vocês mesmo...

..foi a debandada geral...


..pelo menos para quem podia fugir...este miúdo aqui, estava com a infeliz tarefa de desmontar a tenda...bem, neste caso era mais de, não a deixar voar...

...eu sei que estive muito tempo sem dar noticias...mas aliado ao facto de o trabalho apertar, está também o pesadelo que é ter que ir carregar a Internet á agência...filas intermináveis...bem, mas agora estou por cá, e espero, mais presente...

3 comentários:

  1. Sempre grandes imagens que captas aí em Angola, 5 ESTRELAS!

    E o nosso Benfica?

    Um Abraço,
    João V.

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  3. NESTAS IMAGENS QUE AGORA COLOCASTE APARECE O VELHINHO RIO KUANZA, RIO QUE CONHEÇO DESDE QUASE A NASCENTE ATÉ Á FOZ.ESTIVE AO SEU LADO PERTO DE MALANGE, EM CANGANDALA, ONDE POSSIBILITA OS MARAVILHOSOS RÁPIDOS DE SEU NOME, AO PÉ DAS PEDRAS DE PUNGO ANDONGO, ONDE FORMAVA O FAMOSÍSSIMO "SALTO DO CAVALO", HOJE JÁ DESPARECIDO COM A CONSTRUÇÃO DA BARRAGEM DA CAPANDA. ANDEI NELE DE CANOA NA ALBUFEIRA DA BARRAGEM DE CAMBAMBE.GOZEI NO SEU LEITO NO DONDO, ESPREITEI-O EM MASSANGANO, ONDE O RIO LUCALA O VEM ENCONTRAR,ATRAVESSEI-O DE JANGADA NA SUA FOZ E DENTRO DA RESERVA DE CAÇA DA QUISSAMA VEZES SEM CONTA O COMTEMPLEI RESPEITANDO SEMPRE A SUA IMPONÊNCIA, O SEU MISTÉRIO,O SEU ESPRAIAR, A SUA PACATEZ E INDOLÊNCIA EM ALGUNS TRECHOS, A SUA FÚRIA SELVAGENS NOUTROS.SOBERANO SEMPRE.TANTO HUMILDE NO BEIJAR LEVE DAS MÃOS DE UMA CRIANÇA,COMO PODEROSO,VIOLENTO EM TANTAS OUTRAS ALTURAS.MEU AMIGO......QUE SAUDADE DE TI,... DAS TUAS MARGENS, ONDE,ACOMPANHADO DO MEU BOM AMIGO COSTA ME DELEITAVA NAS PESCARIAS AO DILUENGUE E AO MUSSÔLO, ESTE ÚLTIMO UTILIZADO E SÓ (VALHA-ME DEUS)COMO ISCO PARA APANHA DO LAGOSTIM.LAGOSTIM QUE TAMBÉM SE APANHAVA Á NOITE COM UMA LANTERNA E UMA ESPÉCIE DE CAMAROEIRO (NEM TODA A GENTE SABIA DISTO). LAGOSTINS, BRUNO, QUE TU DEVORAVAS E A TUA MÃE MUITO DESEJAVA ,E DEVORAVA TAMBÉM, QUANDO NA BARRIGA JÁ A NOTAR-SE, TRAZIA A NOSSA SOLANGE.
    A NOSSA TERRA É.....ÚNICA...É LINDA....É FEITICEIRA... TEM OLHOS VERDES.CATIVANTE QUANTO BASTE PARA PRENDER PARA TODA A VIDA OS ETERNOS NAMORADOS.
    PARTICULARMENTE SINTO-ME UM DELES NÃO ESPERANDO NADA EM TROCA DO IMENSO AMOR QUE ETERNAMENTE LHE VOTAREI.

    ResponderEliminar